“O pescado tem grande composição de líquidos naturais podendo variar de 60 a 81%.

O ideal é preparar em receitas que contenham molho, como moquecas e caldeiradas, para preservar o seu líquido de composição, que contém fósforo, vitaminas do complexo B e outras substâncias que são responsáveis pelo seu sabor e suculência.

O seu preparo deve ser realizado ainda congelado, sendo retirado apenas o Glaciamento (camada de gelo superficial – utilizada para evitar que o pescado desidrate e oxide) para manter sua estrutura natural.

Não é recomendado deixar  descongelar por longos períodos dentro e/ou fora da geladeira e até mesmo dentro da água, pois irá perder o líquido natural de sua composição tornando-o mais seco, mole e pouco nutritivo.

Lembre-se, o descongelamento incorreto pode reduzir o peso do pescado em até 1/4 do seu peso original informado na embalagem”.

Como descongelar o pescado